Top 7 grandes eventos no mundo das criptomoedas na última semana

O suposto roubo na BitGrail, interrupções na Binance, a primeira lista de cripto-bilionários Forbes, declarações dos reguladores financeiros dos EUA e outros eventos da semana.

O último prelúdio chinês

Na segunda-feira, 5 de fevereiro, o Financial News, controlado pelo Banco Central da China, publicou outro material, que anunciou a intenção das autoridades de bloquear as negociações de criptomoedas.

O possível bloqueio do acesso a plataformas locais e estrangeiras para negociação vieram em meados de janeiro. Como foi relatado na época, o foco das autoridades chinesas eram “plataformas on-line e aplicativos móveis que oferecem serviços similares as exchanges”.

Desta vez, afirma-se que, para evitar riscos financeiros, a China tomará medidas para bloquear quaisquer plataformas nacionais e estrangeiras relacionadas à negociação de criptomoedas e ICO. Pode-se presumir que as autoridades do país pretendem criar realmente outro “Great Chinese Firewall”, desta vez voltado para a indústria de criptomoedas como um todo.

Após esta notícia, o preço do bitcoin, que no dia anterior, 04 de fevereiro, chegou a quase US $ 9.500, caiu chegando a US $ 6048 em 06 de fevereiro.

BitGrail Falência

A BitGrail, uma exchange italiana, anunciou o roubo de 17.000.000 XRBs (Nano / RaiBlocks) como resultado de “transações não autorizadas”, que equivale a mais de US $ 170 milhões, de acordo com o preço atual de mercado. Após o roubo a exchange anunciou falência. Mas nas redes sociais, a exchange é acusada de fraude e ocultação deliberada do incidente, ocorrido em dezembro. Representantes da Nano também emitiram uma declaração enfatizando que o roubo das criptomoedas não foi facilitado por conta de um erro no protocolo da criptomoeda, conforme disse o proprietário e da operador BitGrail Francesco “The Bomber” Firano.

“Temos boas razões para acreditar que, por um longo tempo, Firano induziu a equipe Nano Core a acreditar na solvência da BitGrail”, disse a equipe Nano em um comunicado.

Interrupções na Binance

Na quinta-feira, 8 de fevereiro, a exchange Binance informou que estava sofrendo um mau funcionamento devido a problemas com a sincronização do banco de dados. Logo depois as operações na plataforma foram completamente interrompidas, logo depois os depósitos e os saques foram congelados.

O CEO da Binance, Changpeng Jao, publicou um tweet no qual ele disse que a sincronização do banco de dados estava atrasada devido ao seu enorme volume. Ele também assegurou aos usuários que seus dados não foram perdidos.

Logo surgiu boatos de que os problemas técnicos na exchange eram sobre uma possível invasão hacker, mas o boato foi logo desmentido pelo CEO da exchange. Destaque para a gestão da Binance que lidou profissionalmente com a situação e constantemente informou aos usuários sobre o que estava acontecendo.

Forbes nomeou os representantes mais ricos da indústria de criptomoedas

A revista financeira e econômica norte-americana Forbes, pela primeira vez, compilou uma lista das pessoas mais ricas da indústria de criptomoedas, que incluiu 19 pessoas. De acordo com a publicação, a fortuna de cada representante do top 10 excede US$ 1 bilhão ou está próximo desta marca.

A lista é liderada pelo co-fundador e ex-CEO da Ripple Labs Chris Larsen, que possui 5,2 bilhões de XRP, o que, de acordo com a revista, seria US $ 7 a 8 bilhões, mas dado o preço atual de XRP está em torno de US $ 4 bilhões.

O segundo e terceiro lugares foram assumidos pelo fundador da empresa blockchain ConsenSys e ex-CEO da Goldman Sachs Joseph Lubin e Changpeng Jao, criador e CEO da Binance Bourse Exchange.

A lista também inclui os irmãos Winklevoss, CEO Coinbase Brian Armstrong, CEO Galaxy Digital Mike Novogratz, fundador da EOS projeto Dan Larimer, CEO Bitfury Valery Vavilov, CEO IOHK Charles Hoskinson, fundador Ethereum Vitalik Buterin, Tim Draper e o chefe do Grupo Digital Currency, Barry Silbert.

Reguladores financeiros dos Estados Unidos expressam apoio as criptomoedas

Uma das notícias mais positiva da semana foi a declaração do chefe dos EUA Commodity Futures Trading Commission (CFTC) Christopher Giancarlo e seu colega da Comissão sobre a Securities and Exchange Jay Clayton. Ambos falaram na terça-feira, 6 de fevereiro, em uma audiência do Comitê do Senado sobre Supervisão Bancária.

Christopher Giancarlo falou sobre a blockcahin e destacou o grande potencial para o desenvolvimento do setor econômico, acrescentando que esta inovadora tecnologia seria impossível sem Bitcoin e outras criptomoeda.

“Somos obrigados a respeitar o entusiasmo de uma nova geração em relação às moedas virtuais e a formar uma resposta equilibrada, em vez de desdém”, disse Giancarlo.

Jay Clayton disse, que a tecnologia blockchain pode ser muito útil para verificar dados e criar sistemas distribuídos de armazenamento e manutenção de registros.

O Japão decide tributar

As autoridades do Japão estabeleceram para grandes comerciantes de criptomoeda um imposto sobre o lucro no valor de 15% a 55%. A taxa máxima será paga pelos investidores com uma receita anual de $ 365,000 e acima.

Simultaneamente, o departamento de impostos do país cria um banco de dados de investidores em criptomoedas, e em Tóquio e Osaka, foram criados grupos de trabalho, que são responsáveis ​​por acompanhar de perto os sites das exchanges.

Em 2017, a Agência Nacional de Impostos do Japão anunciou que a receita de operações com criptomoedas é classificada como “renda diversa”. Os investidores são obrigados a inserir informações sobre isso em declarações fiscais anuais, que devem ser enviadas de 16 de fevereiro a 15 de março.

A divisão entre os desenvolvedores da MyEtherWallet

O final da semana foi marcado pela notícia de que parte dos desenvolvedores MyEtherWallet deixou o projeto, lançando seu próprio serviço com funções semelhantes ao MyCrypto. ”

Também se tornou conhecido que desde dezembro do ano passado, os fundadores da MyEtherWallet, Kosala Hemachandra e Taylor Monahan estão lutando numa batalha judicial que provavelmente levará à aparição de novos detalhes dessa história bastante estranha.

____________________________________________________________________________________________________

Quer aprender mais sobre como ganhar dinheiro com Bitcoin e Altcoins? Faça o nosso curso, o único AO VIVO e com suporte pós-curso gratuito de 30 dias.

 

Deixe seu comentário